TST - AIRR - 83657/2003-900-04-00


12/mai/2006

SUCESSÃO DE EMPREGADORES ILEGITIMIDADE PARA FIGURAR NO PÓLO PASSIVO DA DEMANDA. A empresa sucedida não detém legitimidade para figurar com exclusividade no pólo passivo da demanda. Aplicação da Orientação Jurisprudencial nº 225 da SBDI-1 do TST. Agravo de Instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 83657/2003-900-04-00
Fonte DJ - 12/05/2006
Tópicos sucessão de empregadores ilegitimidade para figurar no pólo passivo da, a empresa sucedida não.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›