TST - RR - 714870/2000


19/mai/2006

RECURSO DE REVISTA. PESSOA JURÍDICA DE DIREITO PRIVADO. DESERÇÃO. Se o valor do depósito recursal, efetuado no momento da interposição do recurso ordinário, não atinge o valor da condenação, é devido o pagamento de novo depósito preparatório do recurso de revista, o qual, no caso dos autos, é o valor remanescente da condenação, nos termos da Instrução Normativa nº 3/93 do TST, item II, b. Não observado tal comando, deserto o apelo. Recurso de revista não conhecido.

Tribunal TST
Processo RR - 714870/2000
Fonte DJ - 19/05/2006
Tópicos recurso de revista, pessoa jurídica de direito privado, deserção.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›