TST - AIRR - 516/2004-653-09-40


10/ago/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO RECURSO DE REVISTA EXPURGOS INFLACIONÁRIOS PRESCRIÇÃO - VIOLAÇÃO DO ART. 7°, XXIX, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL NÃO-OCORRÊNCIA. Consoante o entendimento dominante nesta Corte Superior, é a partir da promulgação da Lei Complementar n° 110, de 29/06/01, que tem início o prazo prescricional para o empregado ingressar em juízo a fim de reivindicar as diferenças da multa de 40% do FGTS decorrentes de expurgos inflacionários (ressalvado ponto de vista pessoal no sentido de que o marco prescricional é a extinção do contrato). No entanto, não há como se vislumbrar afronta direta e literal ao art. 7°, XXIX, da CF, capaz de dar ensejo ao recurso de revista (CLT, art. 896, c), na decisão proferida pela Corte de origem que assentou a prescrição total do direito de ação, na medida em que a presente reclamatória foi ajuizada em 13/08/04, quando decorridos mais de dois anos da promulgação da referida lei complementar. Agravo de instrumento desprovido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 516/2004-653-09-40
Fonte DJ - 10/08/2006
Tópicos agravo de instrumento recurso de revista expurgos inflacionários prescrição, violação do art, 7°, xxix, da constituição federal não-ocorrência.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›