TST - AIRR - 3443/2002-664-09-40


18/ago/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO. FUNÇÃO DE VIGILANTE E DE FISCAL DE LOJA. DIFERENCIAÇÃO. MATÉRIA FÁTICA. DESPROVIMENTO. Realçado pela v. decisão recorrida que o empregado exercia função correlata à de vigia e não a de vigilante, inviável se torna o reexame da matéria, ante o contorno fático-probatório de que se reveste o julgado, impossibilitando alçar o debate em instância recursal superior, nos termos da Súmula 126 do c. TST. Agravo de instrumento desprovido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 3443/2002-664-09-40
Fonte DJ - 18/08/2006
Tópicos agravo de instrumento, função de vigilante e de fiscal de loja, diferenciação.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›