TST - RR - 810638/2001


25/ago/2006

ADICIONAL DE PERICULOSIDADE. SISTEMA ELÉTRICO DE POTÊNCIA. Não se conhece de recurso de revista que não logra ultrapassar o óbice da Súmula 297/TST. Com efeito, o Regional negou provimento ao apelo da reclamada, partindo do pressuposto de que, comprovado pela oitiva do preposto e da testemunha do autor, bem como pelo laudo pericial, que o reclamante laborava em situação de risco, fazia jus ao adicional de periculosidade, nada cuidando quanto à questão de que se tratava de empresa de telecomunicação e (ou) sistema elétrico de potência. Recurso a que não se conhece.

Tribunal TST
Processo RR - 810638/2001
Fonte DJ - 25/08/2006
Tópicos adicional de periculosidade, sistema elétrico de potência, não se conhece de.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›