TST - AIRR - 797235/2001


25/ago/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO. HORAS EXTRAS. MINUTOS RESIDUAIS. SÚMULA Nº 366 DO TST. Não merece provimento o agravo de instrumento estando a decisão regional em conformidade com iterativa, notória e atual jurisprudência desta c. Corte Superior. Resta inadmissível o recurso de revista, a teor do disposto no § 4º do art. 896 da CLT e na Súmula nº 333 do c. TST.

Tribunal TST
Processo AIRR - 797235/2001
Fonte DJ - 25/08/2006
Tópicos agravo de instrumento, horas extras, minutos residuais.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›