TST - AIRR - 1421/2004-019-06-40


22/set/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA. A decisão do Tribunal Regional está em consonância com o item IV da Súmula 331 do TST, já que não restou configurado o alegado contrato de empreitada. Entendimento diverso acarretaria reexame de fatos e provas, o que encontra óbice na Súmula 126 do TST. MULTA DE 1%. ILEGALIDADE DA APLICAÇÃO. A aferição da alegação recursal requer reexame do conjunto fático-probatório. Óbice da Súmula 126 do TST. Agravo de Instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1421/2004-019-06-40
Fonte DJ - 22/09/2006
Tópicos agravo de instrumento, responsabilidade subsidiária, a decisão do tribunal.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›