TST - AIRR - 32426/2002-900-04-00


25/mai/2007

I AGRAVO DE INSTRUMENTO DA RECLAMADA. AGRAVO DE INSTRUMENTO. INTERVALOS. A decisão está em consonância com a Súmula nº 346 desta c. Corte, no sentido de que: Digitador. Intervalos intrajornada. Aplicação analógica do art. 72 da CLT. Os digitadores, por aplicação analógica do art. 72 da CLT, equiparam-se aos trabalhadores nos serviços de mecanografia (datilografia, escrituração ou cálculo), razão pela qual têm direito a intervalos de descanso de 10 (dez) minutos a cada 90 (noventa) de trabalho consecutivo. Aplicação da Súmula nº 333 do TST Agravo de instrumento a que se nega provimento. II AGRAVO DE INSTRUMENTO DO RECLAMANTE.

Tribunal TST
Processo AIRR - 32426/2002-900-04-00
Fonte DJ - 25/05/2007
Tópicos i agravo de instrumento da reclamada, agravo de instrumento, intervalos.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›