TST - RR - 719678/2000


15/jun/2007

ADICIONAL DE PERICULOSIDADE. EXPOSIÇÃO INTERMITENTE. O trabalho em condições intermitentes não afasta o convívio com as condições perigosas, ainda que tanto possa ocorrer em alguns minutos da jornada ou da semana. No presente caso, o ingresso da Reclamante, na área de risco, diariamente, por cinco minutos, não pode ser considerado eventual, ou seja, fortuito. O risco é de conseqüências graves, podendo alcançar resultado letal em uma fração de segundo. Recurso de revista conhecido e provido.

Tribunal TST
Processo RR - 719678/2000
Fonte DJ - 15/06/2007
Tópicos adicional de periculosidade, exposição intermitente, o trabalho em condições.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›