TST - AIRR - 1858/2005-002-18-40


15/jun/2007

AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO ORDINÁRIO DESERTO. COMPROVAÇÃO INTEMPESTIVA DO DEPÓSITO RECURSAL E DAS CUSTAS. O Egrégio Regional denegou seguimento ao recurso de revista ao fundamento de que a comprovação do depósito recursal deve se dar no prazo para interposição do recurso, decidindo, assim, em consonância com a tese propugnada pela Súmula nº 245 desta Corte, de modo que o recurso de revista encontra óbice na Súmula nº 333 do TST e no art. 896, § 4º, da CLT. Agravo de instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1858/2005-002-18-40
Fonte DJ - 15/06/2007
Tópicos agravo de instrumento, recurso ordinário deserto, comprovação intempestiva do depósito recursal e das custas.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›