TST - AIRR - 34857/2002-900-03-00


15/jun/2007

AGRAVO DE INSTRUMENTO. NULIDADE. SALÁRIO EXTRA FOLHA. AVALIAÇÃO ERRÔNEA DE PROVA. Como não se desconhece, é ampla a liberdade do juiz ao apreciar a prova. Tal procedimento não constitui cerceio de defesa, mas mero exercício do direito de livre apreciação das provas, garantido no art. 131 do CPC. Agravo de instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 34857/2002-900-03-00
Fonte DJ - 15/06/2007
Tópicos agravo de instrumento, nulidade, salário extra folha.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›