TST - ED-AIRR - 1380/1992-004-10-40


22/jun/2007

EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. Não padecendo o acórdão embargado dos vícios que lhe foram imerecidamente atribuídos pela embargante, frutos na verdade da sua injustificada desatenção na leitura da decisão ali proferida, impõe-se a rejeição sumária dos embargos de declaração e pelo seu intuito protelatório o seu apenamento na forma do artigo 538, § único do CPC, deliberação que se abstém este magistrado pela boa-fé que presume orienta a militância funcional do ilustre advogado da União que os subscreveu. Embargos rejeitados.

Tribunal TST
Processo ED-AIRR - 1380/1992-004-10-40
Fonte DJ - 22/06/2007
Tópicos embargos de declaração, não padecendo o acórdão.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›