TST - RR - 695866/2000


29/jun/2007

RECURSO DE REVISTA. TURNOS ININTERRUPTOS DE REVEZAMENTO - A alegação de que a mudança de turnos ocorria em períodos distantes o suficiente para que o trabalhador se adaptasse à sua nova condição de trabalho foi rejeitada, em razão da prova colhida nos controles de ponto apresentados pela empresa. De tal forma, qualquer entendimento em sentido contrário dependeria do reexame da prova, uma vez que, pela delimitação fática constante do v. acórdão recorrido, não é possível a descaracterização do turno ininterrupto de revezamento ao qual foi submetido o empregado. INTERVALO INTERJORNADAS - O recurso, no particular, está fundamentado apenas em divergência jurisprudencial, e o único aresto colacionado à fl. 253 é oriundo do mesmo Tribunal prolator da decisão recorrida, o que desatende a alínea a do artigo 896 da CLT.

Tribunal TST
Processo RR - 695866/2000
Fonte DJ - 29/06/2007
Tópicos recurso de revista, turnos ininterruptos de revezamento, a alegação de que.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›