TST - RR - 1711/2002-381-04-00


03/ago/2007

ADICIONAL DE INSALUBRIDADE O Tribunal Regional concluiu pela presença da insalubridade e que a utilização de creme protetor não é capaz de elidi-la, porque não previne totalmente o contato de substâncias químicas com a pele. A controvérsia acerca da eficácia do Equipamento de Proteção Individual enseja revolvimento de fatos e provas, encontrando óbice na Súmula nº 126 do TST. ADICIONAL DE INSALUBRIDADE INTEGRAÇÃO NO CÁLCULO DAS HORAS EXTRAS SÚMULA No 264 DO TST O Tribunal Regional decidiu de acordo com a Súmula no 264 do TST. ADICIONAL DE INSALUBRIDADE - BASE DE CÁLCULO SALÁRIO MÍNIMO SÚMULA Nº 228 DO TST A base de cálculo do adicional de insaé o salário mínimo, nos terdo art.

Tribunal TST
Processo RR - 1711/2002-381-04-00
Fonte DJ - 03/08/2007
Tópicos adicional de insalubridade o.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›