TST - E-A-RR - 426/2003-103-15-00


18/mar/2008

EMBARGOS EM RECURSO DE REVISTA. DIFERENÇA DE DEPÓSITO COMPLEMENTAR DA MULTA DE 40% DO FGTS, DECORRENTE DOS CHAMADOS EXPURGOS INFLACIONÁRIOS. PRESCRIÇÃO. A jurisprudência do TST pacificou entendimento, por intermédio da Orientação Jurisprudencial nº 344 da e. SBDI-1, no sentido de que o lapso prescricional conta-se, na espécie, a partir da vigência da Lei Complementar nº 110, de 30.06.2001, salvo comprovado trânsito em julgado de decisão proferida na Justiça Federal. Assim, decidido o recurso de revista com fulcro naquela premissa, conclui-se que a pretensão do Reclamante não foi alcançada pela prescrição bienal. Recurso de embargos não conhecido.

Tribunal TST
Processo E-A-RR - 426/2003-103-15-00
Fonte DJ - 18/03/2008
Tópicos embargos em recurso de revista, diferença de depósito complementar da multa de 40% do fgts,, prescrição.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›