Tutela


20/ago/2015
 
Histórico de atualizações deste conteúdo
23/ago/2013 Revisão geral. Este material não sofreu novas alterações até esta data.
20/ago/2015 Revisão geral. Este material não sofreu novas alterações até esta data.
07/dez/2009 Publicado no DireitoNet.

Trata-se de encargo legal ou judicial atribuído a alguém, que deverá administrar os bens ou a conduta do tutelado. De acordo com o artigo 1.728, do Código Civil, "os filhos menores são postos em tutela: I - com o falecimento dos pais, ou sendo estes julgados ausentes; II - em caso de os pais decaírem do poder familiar". A tutela não consiste em encargo obrigatório, sendo que o direito de nomear compete ao pais, em conjunto. A tutela poderá ainda ser dativa (dá-se na falta de tutor legítimo ou testamentário, ou quando estes forem excluídos ou escusados da tutela, ou ainda quando não idôneos), testamentária (nomeação do tutor por testamento) ou legítima (exercida pelos parentes consaguíneos do menor).

Fundamentação:

Temas relacionados:

Referências bibliográficas:

Veja mais sobre Tutela no DireitoNet.

Histórico de atualizações deste conteúdo
Críticas ou sugestões? Clique aqui
23/ago/2013 Revisão geral. Este material não sofreu novas alterações até esta data.
20/ago/2015 Revisão geral. Este material não sofreu novas alterações até esta data.
07/dez/2009 Publicado no DireitoNet.