Hipoteca


07/fev/2015
 
Histórico de atualizações deste conteúdo
10/mai/2013 Revisão geral. Este material não sofreu novas alterações até esta data.
07/fev/2015 Revisão geral. Este material não sofreu novas alterações até esta data.
11/set/2009 Publicado no DireitoNet.

É o direito real de garantia que recaí sobre um bem imóvel ou determinados bens móveis legalmente considerados imóveis, como navios e aviões, por exemplo, que assegura ao credor o pagamento de uma dívida. Embora não haja a efetiva entrega do bem pelo devedor ao credor, caso não ocorra o pagamento do débito ocorrerá a conversão da posse do bem ao credor. Ou seja, pela hipoteca o devedor ou terceiro garante uma dívida afetando um bem imóvel a seu pagamento. Caso a quantia avençada não seja paga, o credor poderá executar tal garantia para promover o recebimento de seu crédito.

Disciplina o artigo 1.473, do Código Civil, que "podem ser objeto de hipoteca: I - os imóveis e os acessórios dos imóveis conjuntamente com eles; II - o domínio direto; III - o domínio útil; IV - as estradas de ferro; V - os recursos naturais a que se refere o art. 1.230, independentemente do solo onde se acham; VI - os navios; VII - as aeronaves; VIII - o direito de uso especial para fins de moradia; IX - o direito real de uso;  e X - a propriedade superficiária".

Fundamentação:

Temas relacionados:

Referências bibliográficas:

Veja mais sobre Hipoteca no DireitoNet.

Histórico de atualizações deste conteúdo
Críticas ou sugestões? Clique aqui
10/mai/2013 Revisão geral. Este material não sofreu novas alterações até esta data.
07/fev/2015 Revisão geral. Este material não sofreu novas alterações até esta data.
11/set/2009 Publicado no DireitoNet.