Subempreitada


08/set/2015

O empreiteiro pode subempreitar a terceiros a execução da obra, salvo se o contrato atendeu a qualidades personalíssimas do empreiteiro, uma vez que o contrato de empreitada configura uma obrigação de resultado. Essa possibilidade decorre dos termos da convenção ou da própria natureza do negócio e das praxes existentes. No caso de subempreitada, parcial ou total, o empreiteiro continua como único responsável pela realização da obra em relação ao proprietário, tendo, todavia, ação regressiva contra o subempreiteiro culpado.

Fundamentação:

Temas relacionados:

Referências bibliográficas:

Veja mais sobre Subempreitada no DireitoNet.

Histórico de atualizações deste conteúdo
Críticas ou sugestões? Clique aqui
08/set/2015 Publicado no DireitoNet.